domingo, 30 de novembro de 2008

Dezembro

Ele vai reinar
Dezembro prateado,
vestido cinzento,
e branco azulado.

Mas quando o sol brilha
num céu muito azul
fica transparente,
vestido de tule.

E todas as coisas
têm mais beleza
pois o ar as mostra
com toda a pureza.

E chega o Natal,
a festa mais bela,
que todos deviam
querer bem singela.

Nas ruas já andam
Luzinhas a rir
Não vão as estrelas
Não querer sair.

No meu sapatinho,
eu não quero ver,
as armas que matam,
que fazem sofrer.

Vou imaginar
o que gostaria
de ter de presente
neste lindo dia:

Pistolas que lançam
estrelas a dançar
e canhões que põem
música no ar.

Revista: Educadores de Infância Nº 42

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Este desafio foi-me proposto pela Nexita do blog http://azuen-reinoencantadodasalmofadas.blogspot.com/

De onde vêm as crianças... que pergunta mais dificil... Crianças são definitivamente o melhor do mundo... e que melhor sitio que o mar... com o azul do céu como fundo e as nuvens de "algodão doce" a enfeitar...

O desafio consiste em:

1.- Mostrar mediante una imagen (buscada o fabricada por cada cual) lo que consideran es el verdadero origen de los niños. Pero, ojo!: Debemos mostrar sólo 'la verdad', no la mentira que nuestros padres nos dijeron de que los niños nacen de la pancita de la mamá.
2.- Se tienen 3 días para hacer el meme y este debe de pasarse a tres personas.

Agora passo este desafio a:

Na pré com meninos e meninas: http://educadoraluisinha.blogspot.com/

Sonhos e companhia: http://sonhoscompanhia.blogspot.com/

Terroristas de palmo e meio: http://terroristasdepalmoemeio.blogspot.com/

sábado, 22 de novembro de 2008

O Nabo Gigante

video

Números de Emergência


sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Descobrindo Emoções

Objectivos:
- Desenvolver a intuição;
- Estimular a criatividade e imaginação;
- Proporcionar a espontaneidade do grupo.

Recursos Materiais: -----------

Recursos Humanos: Educadora e o grupo de crianças

Descrição da actividade:

Coloca-se o grupo sentado em círculo. A educadora diz uma frase a uma criança, por exemplo: “estou doente” ou “sou um leão enfurecido” (ao ouvido para que o resto do grupo não oiça). Essa criança levanta-se, vai para o centro da roda e tenta explicar a frase, servindo-se apenas de gestos e sons. Logo que o grupo tenha adivinhado correctamente, é a vez do jogador seguinte.

Lindo... Para rir um bocadinho...

Num infantário a educadora está a ajudar um menino a calçar as botas. Ela faz força, faz força, e parece impossível; as botas entram muito apertadas. Ao fim de algum tempo, e a muito custo, uma bota já entrou e a outra já está quase. Nisto diz o miúdo:
- As botas estão trocadas!
A educadora pára, respira fundo, vê que o rapaz tem razão e começa a tirar-lhe as botas novamente. Mais uma dose de esforço e depois ela torna a tentar colocar-lhe as botas, desta vez nos pés certos. Ao fim de muito tempo e muito esforço, ela lá é bem sucedida e diz:
- Bolas... estava a ver que não... custou...
- Sabe é que estas botas não são minhas!
A educadora fecha os olhos, respira fundo e lá começa a descalçar o rapaz novamente. Quando finalmente consegue, diz ao miúdo:
- OK! De quem é que são estas botas, então?
- São do meu irmão! A minha mãe obrigou-me a trazê-las!
A educadora fica em estado de choque, pulsação acelerada, vai respirando fundo, decide não dizer nada e começa novamente a calçar o rapaz. Mais uma série de tempo e finalmente consegue. No fim diz-lhe:
- Pronto, as botas já estão! Onde é que tens as luvas?
- Pus nas botas!

lol

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Direitos da Criança

É tão bom ser como eu
Uma criança feliz
É tão bom ter pão na mesa
E ter paz no meu país.


É tão bom ir para a escola
P'ra saber cada vez mais
Ter a amizade de amigos
Ter o amor dos meus pais.


Uma criança é como uma flor
Para crescer precisa de amor!
Uma criança é como uma flor
Para crescer precisa de amor!


Mas eu sei que há meninos
No meu país e noutros países
Que não têm paz nem pão
Nem nada p'ra ser felizes


Quando formos mais crescidos
Inventamos uma flor
P'ra semear no mundo
Com ela espalhar amor.

20 de Novembro - Dia Internacional dos Direitos da Criança

No dia 20 de Novembro de 1959, a ONU fez a Declaração dos Direitos da Criança, com 10 artigos:

1- A criança deve ter condições para se desenvolver física, mental, moral, espiritual e socialmente, com liberdade e dignidade.

2- A criança tem direito a um nome e uma nacionalidade, desde o seu nascimento.

3- A criança tem direito à alimentação, lazer, moradia e serviços médicos adequados.

4- A criança deve crescer amparada pelos pais e sob sua responsabilidade, num ambiente de afecto e de segurança.

5- A criança prejudicada física ou mentalmente deve receber tratamento, educação e cuidados especiais.

6- A criança tem direito a educação gratuita e obrigatória, ao menos nas etapas elementares.

7- A criança, em todas as circunstâncias, deve estar entre os primeiros a receber protecção e socorro.

8- A criança deve ser protegida contra toda forma de abandono e exploração. Não deverá trabalhar antes de uma idade adequada.

9- As crianças devem ser protegidas contra prática de discriminação racial, religiosa, ou de qualquer índole.

10- A criança deve ser educada num espírito de compreensão, tolerância, amizade, fraternidade e paz entre os povos.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

O balão do João

Uma canção que toda (ou quase) a gente conhece...


O balão do João
Sobe, sobe pelo ar.
Está feliz o petiz
A cantarolar.
Mas o vento a soprar
Leva o balão pelo ar.
Fica então o João
A choramingar.



video


Imagens para a canção:


Dobragem de Peixe

Aqui ficam os passos para realizar um peixe em papel:

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

16 de Novembro - Dia Nacional do Mar

Aqui vos deixo estas imagens/ moldes, relacionadas com o mar...








terça-feira, 11 de novembro de 2008

Rebuçados de Castanha

Ingredientes:

* 1 Kg de castanhas

* 100 ml de água

* 250 gr de açúcar

* 1 colher de chá de sumo de limão

* 1 pouco de baunilha

* Azeite q.b.

Confecção:

* Colocar as castanhas numa panela, cobri-las com água e levá-las ao fogo a cozer.
* Depois de cozidas, escorrê-las e retirar-lhes a casca e a pele.
* À parte, misturar a água com o açúcar e o sumo de limão, levar ao fogo para ferver, adicionar a baunilha e esperar que ferva até atingir o ponto de caramelo.
* Retirar o recipiente do fogo e juntar-lhes as castanhas já cozidas. Passá-las por uma superfície untada com azeite para solidificar. Por último, envolver os rebuçados em papel de aluminio, ou da maneira desejada.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Mais canções para o S. Martinho

Ai, do ouriço, ai, do ouriço
saem as castanhas
Para comer, para comer
Tão assadinhas. (bis)


Ora vamos lá, ora vamos lá
para as provar
assim tão boas, muito quentes,
tostadinhas. (bis)

Música: "Ai dizem mal dos caçadores"

************

Ah, ah, ah, minha castanhinha (bis)
Quem te pôs a mão, sabendo que és minha. (bis)

Sabendo que és minha, do meu coração, (bis)
Salta castanhinha para a minha mão. (bis)

- É na tua mão que eu quero ficar (bis)
Anda pr'ó recreio, vamos lá saltar. (bis)

- Vamos lá saltar e bater o pé (bis)
Porque é no recreio que o magusto é. (bis)

- Vais bater o pé e vais-me comer (bis)
É dentro de ti que eu vou viver. (bis)


Música: "Ah, ah, ah minha machadinha"
************
SÃO TÃO BOAS AS CASTANHAS
NA FOGUEIRA ASSADINHAS
TAMBÉM GOSTO DELAS CRUAS
DEPOIS DE BEM TRINCADINHAS.
REFRÃO
SÃO AS CASTANHAS DO CASTANHEIRO
QUE NÓS COMEMOS JUNTO AO BRASEIRO.

AS CASTANHAS JÁ COMI
E AGORA VOU BRINCAR
NO CARVÃO SUJO AS MÃOS
PARA ME ENFARRUSCAR.
Música: "Todos me querem..."

domingo, 9 de novembro de 2008

São Martinho






Adivinhas de S. Martinho

1 - Tenho camisa e casaco
Sem remendo nem buraco
Estoiro como um foguete
Se alguém no lume me mete

2 - Se me rio... de mim sai uma donzela
Mais donzela do que eu
Ela vai com quem a leva
Eu fico com quem me deu

3 - Qual a coisa qual e ela
Tem três capas de Inverno
A segunda é lustrosa
A terceira é amargosa


4 - Tem casca bem guardada
Ninguém lhe pode mexer
Sozinha ou acompanhada
Em Novembro nos vem ver

Soluções:
1- Castanha
2- Ouriço
3- Castanha
4- Castanha

sábado, 8 de novembro de 2008

Canções de S. Martinho

Na minha escola
festejo o S. Martinho
comendo castanhas
bebendo suminho.

A história de S. Martinho
iremos aprender.
De algumas castanhas
bonecos irão aparecer.

************
Castanhas, castanhas
Assadinhas com sal
Quentinhas, quentinhas
Que não te façam mal.
Saltitam, crepitam
Toma lá e dá cá
S. Martinho sem vinho
E castanhas não há.
************
S. Martinho, S. Martinho
Dá-me castanhas e sol
S. Martinho, S. Martinho
E um copinho de sumol
Tu não vês oh S. Martinho
Que eu ainda sou pequenino
Não posso beber vinho
Só posso beber suminho.
************
No meu bolso guardei
Meia dúzia de castanhas
De tão quentes que estão
Ainda queimo a minha mão

Vou dá-las ao Pai
Vou dá-las à Mãe
Castanhas quentinhas
Que cheiram tão bem
O Outono ao chegar
A todos vai dar
Castanhas quentinhas
No lume a estalar
************
O ouriço já secou
Já caiu a castanhinha
Hoje é dia de comer
A castanha cozidinha
Cozidinha ou assadinha
Na fogueira a saltitar
É dia de S. Martinho
Vamos cantar e bailar
************
Uma, duas, três castanhas
Eu te vou dar.
Uma, duas, três castanhas
Para brincar.
Castanhas quentinhas
Ao lume a estalar.
Nós vamos assá-las
Até nos fartar.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Dia de S. Martinho

O Dia de S. Martinho comemora-se a 11 de Novembro.Neste dia, no nosso país, assam-se as castanhas e prova-se o vinho novo. A tradição manda que no dia de S. Martinho se festeje com castanhas, água-pé (para os mais crescidos), uma fogueira para saltar (quem quiser) e bom convívio.

O Magusto é a festa em que se assam as castanhas (que se recolhem nesta altura) e se convive. Está relacionado com o momento em que, depois das vindimas, nos meses de Setembro e Outubro, o vinho está pronto e se prova.

Como fazer castanhas assadas?

Ingredientes:
* Castanhas
* Água
* Sal grosso

Procedimento:
- Lave as castanhas e retalhe-as dando um golpe em cada uma.
- Disponha as castanhas num tabuleiro de forno e deite sal grosso por cima. Também pode deitar um pouco de erva doce.
- Leve ao forno (já aquecido) ou ponha debaixo das brasas de uma fogueira. Quando as castanhas se separarem com facilidade da casca, estão prontas para serem comidas.
- Agora é só sentar à volta da mesa e comer

Bom apetite :)

Provérbios populares - S. Martinho

- No dia de S. Martinho vai à adega e prova o teu vinho.

- Mais vale um castanheiro do que um saco com dinheiro.

- Dia de S. Martinho fura o teu pipinho.

- Do dia de S. Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o teu bornal.

- Pelo S. Martinho mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.

- Se o Inverno não erra caminho, tê-lo-ei pelo S. Martinho.

- Se queres pasmar teu vizinho lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.

- Dia de S. Martinho, lume, castanhas e vinho.

- Pelo S. Martinho, prova o teu vinho, ao cabo de um ano já não te faz dano.

- Pelo S. Martinho mata o teu porco e bebe o teu vinho.

- Pelo S. Martinho semeia favas e vinho.

- Pelo S. Martinho, nem nado nem cabacinho.

- Água-pé, castanhas e vinho faz-se uma boa festa pelo S. Martinho.

Lenda de S. Martinho

Segundo reza a lenda, num dia frio e tempestuoso de Outono, um soldado romano, de nome Martinho, percorria o seu caminho montado no seu cavalo, quando deparou com um mendigo cheio de fome e frio. O soldado, conhecido pela sua generosidade, tirou a sua capa e com a espada cortou-a ao meio, cobrindo o mendigo com uma das partes. Mais adiante, encontrou outro pobre homem cheio de frio e ofereceu-lhe a outra metade. Sem capa, Martinho continuou a sua viagem ao frio e ao vento quando, de repente, como por milagre, o céu se abriu, afastando a tempestade. Os raios de sol começaram a aquecer a terra e o bom tempo prolongou-se por cerca de três dias. Desde essa altura, todos os anos, por volta do dia 11 de Novembro, surgem esses dias de calor, a que se passou a chamar "Verão de S. Martinho".

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Expressão Musical

Pois é, finalmente ultimo ano. Confesso estar desejosa que acabe mais esta fase (o curso), para começar a trabalhar (dificil, mas há esperança). Quero ter a minha própria sala, o meu grupo de crianças... Enfim, tanta coisa...

Como último ano que é, lá tenho a tese para fazer. O meu tema como já devem ter percebido é Expressão Musical. Que importância tem a música no desenvolvimento das crianças e será um auxiliador na aprendizagem, será que através da Música, as crianças podem aprender mais facilmente?
Muita bibliografia vou ter para ler. Se por acaso tiverem alguma coisa, alguma sugestão, digam.

Toda a ajuda é muito bem vinda :)

domingo, 2 de novembro de 2008

Jogo "Touro e Passarinho"

Objectivos: Ser capaz de associar os diferentes sentimentos às melodias correspondentes

Recursos Materiais: ---

Recursos Humanos: Educador e Crianças

Estratégia: As crianças em conjunto com a educadora cantam a canção: “mu, mu, mu faz o touro, piu, piu, piu o passarinho, o som do touro é bem grosso, e o do pássaro fininho: mu, piu, mu, piu, mu, piu, mu, piu, piu...

Com o som “mu”, as crianças devem-se esticar, e com o som “piu” devem aninhar-se.

Também se pode dividir o grupo em dois: uma parte faz o som do touro, e a outra o som do passarinho.

Esta actividade tem como finalidade mostrar às crianças extremos sentimentos; o touro associado a um sentimento forte (por exemplo zangado) e o passarinho associado a um sentimento mais ternurento, sendo que este é um animal delicado.

O educador deverá cantar varias vezes a música até que as crianças saibam cantar a música sozinhas; além disso o educador poderá pedir às crianças para imitarem um touro forte e zangado e depois um passarinho frágil.

O educador deve dividir a turma em dois grupos: o grupo dos touros e o grupo dos passarinhos, alternando para que todo o grupo possa experimentar quer o touro, quer o passarinho (sentimentos opostos).

sábado, 1 de novembro de 2008

As efemérides de Novembro?

1 de Novembro: Dia de Todos os Santos

2 de Novembro: Dia dos fiéis defuntos ou dia de finados

10 de Novembro: Dia Mundial da Ciência para a paz e para o Desenvolvimento

11 de Novembro: Dia de São Martinho

16 de Novembro: Dia Nacional do Mar

17 de Novembro: Dia Mundial do Não-Fumador

20 de Novembro: Dia Internacional dos Direitos da Criança

21 de Novembro: Dia Mundial da Televisão

Poesia - Novembro

NOVEMBRO
Novembro traz-nos de oferta,
novas frutas a provar:
nozes, castanhas, amêndoas
e um doce de abóbora de arrasar.
Às vezes caem salpicos
e o vento põe-se a soprar.
Começam já os cuidados.
pró frio não nos constipar.
Mas hoje fico na cama,
tapada até ao nariz.
Com um pijama de flores,
com o meu ursinho Moniz.
Tenho as bochechas coradas,
e o nariz a pingar.
A mamã conta-me histórias,
para eu na cama ficar.
Logo, logo fico boa!
Fico linda, fico sã.
Como diz a minha avó,
corada como a romã.

Poesia da "Revista: Educadores de Infância Nº 41